tubarao-memoria-muscular

Treinamento e Destreinamento: “Memória Muscular”, isso existe?

Escrito por

É Nutricionista e Prof. de Educação Física (USP), Mestre e Doutor em Ciências pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP). Atleta Amador (Ironman, Ultraman, Maratona, Ultramaratona, Ciclismo, Mountainbike, Surfista e Lutador de Boxe). Atualmente desenvolve pesquisa com Sistema Imunitário e Câncer no Cancer Metabolism Research Group, Department of Cell and Developmental Biology, Institute of Biomedical Sciences University of São Paulo.

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK

4 Comentários

  1. Vivian Dombrowski disse:

    Caro Tubarão,

    Obrigada pela excelente contribuição. Sempre enriquecedoras e valiosas. Pessoalmente foi um super aprendizado e auxiliou a derrubar alguns mitos.

    Grande abraço e bons treinos!!

  2. Guilherme Moncks disse:

    Olá Reinaldo!
    Excelente artigo, muito obrigado pelo conhecimento compartilhado. Ajuda, e muito, nos treinamentos conhecer melhor nossos mecanismos biológicos :)

  3. Hélio Shiino disse:

    … recebi alta do meu ortopedista e voltando a treinar, percebo que estou sem condicionamento físico e também cardiorrespiratório, ou seja…

    Reinaldo Tubarão, tecnicamente falando, é tudo isto que você postou!!!

    Ótimo Post!!!

    Conseguir passar o intangível do funcionamento do nosso corpo é fantástico!

    É a primeira vez que leio uma explicação técnica do que os leigos chamam de perda de condicionamento! Deu prazer em ler!

    Todos nós atletas sabemos perfeitamente o que é “remar do zero” para voltar ao estado de condicionamento que tínhamos antes de uma lesão. No início é desestimulador.

    “Memória muscular”. Ótimo neologismo!

    Esperamos que os nossos músculos sempre tenham neurônios saudáveis, que consigam reaprender sempre mesmo com os percalços da vida e que o mal de alzheimer não os acometa jamais!

  4. Alfredo Donadio Alfredo Donadio disse:

    Oi, Reinaldo Tubarão
    Ótima matéria.

    Dúvida: esses resultados, independem da carga de km semanal? vale para qualquer idade? qual carga de km semanal vc acha conveniente para corredores “amadores” quando estão em treinamento para maratona e que tem o chip carregado? Há alguma tabela que proporciona a indicação?

    Pergunto isso, pois existem técnicos que dizem que 70km na semana são suficientes e outros que devemos ficar na faixa de 110 a 130 km. E agora?

    Abraço e Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também...