5921dc76b294c24b47b8cfaccb7f3aa776

Piegas e Cafona, assim tem que ser nossa Paixão pela Corrida!

Escrito por

Renato Mello É empresário, casado e pai, não obrigatoriamente nesta ordem. Tem o esporte em sua vida desde a infância: futebol, natação e surf foram os mais competitivos e que lhe renderam algumas medalhas. Mas foi na corrida, em especial nas ultramaratonas, que descobriu sua verdadeira paixão: treinar o corpo e a mente para percorrer longas distâncias. Não se engane com seus precoces fios de cabelo branco, a sua juventude está estampada no rosto, no seu estado de espírito e na sua excelente performance nas corridas.

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK

10 Comentários

  1. Fábio Namiuti disse:

    Declarando e demonstrando.

  2. Zequinha Monteiro disse:

    Grande Renato
    Fiquei emocionado…confesso
    Ao citar Claudinha tive oportunidade ver suas lagrimas no termino das 24h do Rio CEFAN.
    Sua narrativa fez lembrar quando terminei a ultima edição em 2012 da ULTRA 24h no Rio , percebi que a ultra Kris Amaral de Divinopolis veio na minha direção para um abraço nadando em lagrimas…não conseguir segurar as lagrimas verteram.
    Parabéns pelo seu post, sempre muito bom.

    • Renato Mello Renato Mello disse:

      Valeu Zequinha, as emoções nas ultras parecem mais fortes, pode ser pelo maior sofrimento, mas o que é melhor do que um abraço bem apertado e emocionado? Nada! Quem sabe 2 deles! Abração!

  3. Kaveski disse:

    Como não se apaixonar por algo que nunca vai te enganar, vai cuidar de você e aonde o retorno é proporcional a dedicação?

  4. Juliano Isidoro disse:

    Gostei muito meu amigo……, to gostando de ver heinnnnnnn!!! Qq hora…vamos tentar tomar alguma coisa aqui em SP….!!

    Abraços….

  5. Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

    Opa! Olha outro apaixonado pela corrida aí, gente!
    Que bom que não sou apenas eu a piegas com a corrida.
    Choro mesmo. E choro não só em provas! Choro em treinos, quando estou lesionada e não posso correr, choro quando lembro das chegadas, quando penso nas próximas chegadas…
    A corrida desperta muitas emoções em mim e me entrego sem limites…
    Bacana o texto!

    • Renato Mello Renato Mello disse:

      Valeu Aline, enquanto alimentarmos estas emoções com nossos treinos e provas continuaremos sendo felizes e apaixonados, à nossa maneira! abs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também...