lance-armstrong-on-mobli

Lance Armstrong: a desconstrução de um ídolo

Escrito por

Aline Carvalho Engenheira por formação, triatleta por opção, dotada de uma mente inquieta típica de filósofos, com grande paixão pela leitura. Tem a psicologia como força motriz de suas relações. Executiva de uma empresa multinacional, concilia sua rotina estressante no trabalho com seus treinos para provas de longas distância, que vão desde maratonas e ultras até Ironman. Conserva um sonho arrojado: disputar o RAAM, uma prova de ciclismo tida como uma das provas mais difíceis do mundo. Em seu curriculo esportivo contam 13 maratonas, 3 ultras, 1 meio Ironman e 2 Ironman. A sua maior emoção no esporte foi completar Comrades Marathon.

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK

3 Comentários

  1. Jorge Ultramaratonista disse:

    Aline Carvalho realmente foi um zum zum danado quando veio tudo a tona, mas a minha dúvida é? Será que não teve muitas empresas de laboratório por trás disso??? Sei não hein. Abs.

  2. TOMAS disse:

    Naõ se iludem . Sou atleta amador mas treino com técnico de ex campeões e ele diz que todos atletas de performance utilizam drogas . Lance foi o menos hipócrita

  3. Carlos Ortega disse:

    Independentemente de qualquer coisa, esse cara segue até hoje pedalando e muito forte – ele amo o esporte, o ciclismo e a superação. Nada justifica seus erros, porém ele é um ser humano e esportista diferenciado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também...