perspect1

De dentro e de fora: como é vista a rotina de quem faz esporte de endurance?

Escrito por

Aline Carvalho Engenheira por formação, triatleta por opção, dotada de uma mente inquieta típica de filósofos, com grande paixão pela leitura. Tem a psicologia como força motriz de suas relações. Executiva de uma empresa multinacional, concilia sua rotina estressante no trabalho com seus treinos para provas de longas distância, que vão desde maratonas e ultras até Ironman. Conserva um sonho arrojado: disputar o RAAM, uma prova de ciclismo tida como uma das provas mais difíceis do mundo. Em seu curriculo esportivo contam 13 maratonas, 3 ultras, 1 meio Ironman e 2 Ironman. A sua maior emoção no esporte foi completar Comrades Marathon.

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK

53 Comentários

  1. Rosimeire Assis disse:

    Adorei….A D O R E I… Dei boas gargalhadas agora lendo o seu post.
    É exatamente assim que tudo acontece. Parabéns por ter colocado tão bem as palavras…já encaminhei o link para um monte de gente que conheço incluindo o namorado…rsrsrsr

    Bjks

    Meire/BH-MG

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Oi, Meire!
      Hehehehe… Vida dura a nossa, não? Pior é que todos os lados se acham os mais “sacrificados”! Estamos sempre tentando atender às expectativas e somos sempre avaliados como egoístas!
      Obrigada pela visita!
      Um beijão!

  2. Flavio Santiago disse:

    Aline,
    Fantástico! Bem isso mesmo….
    Ri barbaridade, estou encaminhando o link só pros gente boa…
    Abraços,

    Flavio

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Oi, Flavio!
      Encaminhe mesmo! E só para os “gente boa”… Porque os invejosos jamais conseguirão admitir! =D
      Super beijo e apareça!

  3. Marcio disse:

    Gostei !Parabéns pelo texto.

  4. ANTONIO CARLOS disse:

    Aline !!! Sensacional, reproduziu muito bem o que passamos, mas como sempre, seguimos em frente e nem damos conta das opiniões dos outros KKKkkkkk …

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Antonio,
      Certamente, estas coisas só validam nossos laços com o esporte! Haja resiliência para seguir diante de tanta pressão! Hahahaha…
      Mas a verdade é que tem muita gente que torce a favor e quem gosta de verdade quererá sempre que busquemos o que nos faz bem!
      Beijo e apareça!

  5. Cruiff Pinto disse:

    Parabéns Aline,
    Ri muito muito… cada frase tem a cara de uma pessoa que nos cerca.

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Oi, Cruiff!
      Bacana demais ver que os perfis se repetem! Reforça a importância da nossa troca de informações! =)
      Obrigada pela visita!
      Um beijo!

  6. Andrei Cypriano disse:

    Show!!! Apesar de só correr, pedalando apenas na brincadeira, reconheci me na matéria. Parabéns.

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Oi, Andrei!
      Bem-vindo ao time! A corrida é parte importante desta nossa vida de endurance!
      Aproveita pra começar a nadar também! Quero mais e mais gente boa no triathlon!
      Valeu a visita e apareça!
      Beijo!

  7. Luis Fernando Oliveira disse:

    Nota 10, Aline. Um talento.

  8. Felipe disse:

    O melhor: “Só até aquele poste!!!”

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Hauahuahauahua… Isso acontece demais! Negociações infinitas pra conseguir terminar alguns treinos / provas!
      A D O R E I a foto! kkkkkkkk
      Beijo e apareça!

  9. sueli disse:

    rsrs…
    Só achei muito injusto com as esposas! 95% dos meus amigos só conseguem seus bons resultados graças ao apoio que têm em casa, na alimentação, carinho, torcida, etc, mesmo as que não curtem muito.
    Lamento pelos poucos atletas cujos companheiros e companheiras não os aceitam rs. Lembrem-se equilíbrio nos leva a manter tudo que é importante bem cuidado! ;)
    Bons treinos galera pilhada!
    Abs

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Sueli,
      Vamos discordar nesta! =D
      Conto nos dedos de uma mão as pessoas que fazem isso de forma honesta. Ouço bem mais reclamações que elogios! Bemmm mais.
      O melhor depoimento do mundo é o da Claudinha – veja lá embaixo. Ela hoje é o meu melhor exemplo de companheirismo no triathlon! Deu a volta por cima!
      Convide seus amigos para comentar aqui sobre a super atuação das esposas! Quem sabe eles não mudam minha visão!?
      Ah, claro! Vale para esposas, namoradas, maridos e namorados…

      • sueli disse:

        Ok.rs
        Sem intenção de mudar visão de ninguém nem levantar bandeira minha amiga, foi apenas um comentário para não esquecermos que existem aqueles que nos apoiam, rs.

  10. Elisa disse:

    Aline, excelente texto! Adorei seu blog!! Bjs

  11. Milton disse:

    SENSACIONAL!
    Sem mais. :-)
    Abraço!

  12. jane Oliveira de Carvalho disse:

    ACHEI EXELENTE ALINE! BJS

  13. Nishi disse:

    Ótemo!!!!! Ri pacas!!!

  14. Luciano disse:

    MUITO BOM MESMO… KKKK

  15. Myla Vitacchi disse:

    Simplesmente maravilhoso, motivante, verdadeiro e simples. Me motivei mais ainda a tentar mais e mais desafios por que no fim de tudo.. compensa muito.
    Até hoje sonho com os momentos que vivi na minha prova mais longa. E estou aqui planejando a próxima.
    Parabéns pelo texto.
    beiju

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Oi, Myla!
      Eu também morro de saudades quando fico um tempo sem provas longas! Volte com toda a alegria e energia boa que tem!
      Apareça! E vamos trocar boas vibrações porque isso é o mais bacana de tudo!
      Beijo e sucesso!
      Bons treinos!

  16. Silvio Prado disse:

    Excelente! Dei muita risada!

    O restante da família: “Ele tá doente, certeza! Olha como está magro e abatido? Está parecendo um zumbi! Falou que vai fazer uma prova que pedala não sei quantos e depois ainda corre uma maratona. Parece que nada também. Só pode ter ficado maluco, isso não é uma coisa normal. ….kkkkkkkkkkkk

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Kkkkkkkkkkkkkkkkkk… Da próxima vez, leve o texto impresso e, ao menor sinal de que vão começar, entregue o papelzinho!
      Vou escrever um texto “super sincero” nos próximos dias, um “book” para aquelas perguntas e comentários que odiamos! Acho que você vai gostar! Hehehehehe…
      Beijo e apareça!

  17. Fernando Schwery disse:

    Ótimo…Já ouvi todos esses comentários!!!! Parabéns

  18. Claudia Zattar Aguilar disse:

    Então Aline…estou completando 1 ano de triathlon com treinos puxados diários(competi muito pouco por motivos que agora não importam)mas como vc sabe muito bem já estive do outro lado…eu era aquela esposa chata(???) que só via o lado ruim do marido triatleta que não podia me acompanhar na cervejinha do FDS,que jogava contra sempre…até o dia que fiz um tremendo gol contra!!!!Até hj não sei dizer se foi realmente contra pois foi a partir dele que entrei pra esse mundo viciante e adrenalizado.Sempre curti esporte mas nunca fui atleta então encarei esse desafio com muita garra mesmo estando sempre no limite da exaustão…treinos na madrugada para poder fazer as 24hs de plantão sem perder a planilha,chegar do plantão e estudar para as provas semanais com a filha adolescente e com o filho com TDAH que exige sua atenção full time,treinar novamente ainda sem dormir porque senão vc perde o pique,rotina da casa,e…depois de fazer a janta balanceada para a familia…descansar???rsrsrs Que nada…preparar o almoço do maridão para o dia seguinte para que ele não saia da dieta(sim ele não pode sair…eu como o que tiver quando dá tempo…rsrsrs)!!!Enfim…não é nada fácil mas hoje consigo sentir um enorme prazer nessa minha louca rotina e posso dizer com orgulho e sem modéstia: I am an IRONMAN!!!!!Em dezembro completei meu primeiro olímpico em penúltimo lugar mas de mãos dadas com minha filha em prantos e com direito a beijo do papai na linha de chegada(infelizmente o maridão não pode estar presente)também com direito a lágrimas de alegria e com a certeza de ter feito a escolha certa e de estar dando um exemplo de superação aos que me rodeiam!!!!Desculpa ter me alongado tanto Aline mas vc mais do que ninguém sabe o quanto foi importante pra mim esse desabafo e espero que possa ajudar alguma esposa “chata”(???) a descobrir um caminho menos árduo para entender a fissura de seus esposos mesmo que não se transformem em triatletas mas que apoiem,torçam e joguem no mesmo time que eles!!!!!Bjks e obrigada sempre amiga!!!!

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Claudinha,
      Você é o MELHOR exemplo de que, quando se AMA de verdade, as coisas entram nos eixos.
      Todos os dias quando acordo e vejo que está “no seu rolo, na sua casinha”, me dá uma alegria danada! Não é só porque temos mais uma triatleta… É porque sei que há uma família feliz entorno do esporte!
      Assim como você, não vejo a necessidade de “forçar” a pessoa a entrar no tri se não quiser… Mas respeitar as opções faz parte.
      Você provou que seu amor é maior que qualquer obstáculo. Admiro demais você. DEMAIS. Por tudo, mas em especial por ser DE VERDADE.
      Família, filhos, casa, trabalho, esporte, finais de semana, viagens! Parabéns mil vezes!
      Sou sua fã!
      Beijos!

  19. Luna Taborda disse:

    haushaushaush
    EU SOU A PRAGA DA ESPOSA….kkkkkk
    Muito boa essa matéria….E tenham A CERTEZA….Esposas pensam muito assim…Estou melhorando bastante a cada dia….Mas os pensamentos…haushaushaushaush…Ahhhh ficou fora a manhã toda eu com as crianças, com a casa, com a comida e ele ainda dorme a tarde….ARGGGGGGGGGGGGGGGGGG!!!!
    hehehehehe bem isso Aline!

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Lunaaaaaaaaaaa!
      ADOREIIIIIIIIII o seu senso de humor! Tem coisa mais bacana que rirmos de nós mesmos! Tenho certeza absoluta que você tem todo o potencial pra deixar de ser mala! =D
      Só de ser capaz de se ver “de fora” já faz de você alguém bem especial! Acho que o maridão até deveria fazer uma forcinha extra pra chegar mais cedo ou pra se manter acordado à tarde! Hehehehehe…
      Esta vida de quem está no entorno é dura, mas esteja bem certa que por mais incompreensível que seja, ele faz isso por vocês!
      Um grande beijo e apareça!

  20. Hélio Shiino disse:

    Bem ao estilo Luis Fernando Verissimo de escrever!

    A vida como ela é!

    Os dois polegares para cima!

  21. Renan Pelizzari Pereira disse:

    Gostei demais Aline! Parabéns!! Como sempre, descreveu com perfeição como funciona nossa cabeça e nossa rotina! Beijos!!

  22. Eduardo Camara disse:

    Impossível não se identificar! O apoio da galera nos treinos e nas provas para mim é o melhor “suplemento”. Nada como aquele “vamos lá! Força!” quando você está sofrendo para subir uma parede ou se matando para buscar o pelotão :)

  23. Luis Fernando Oliveira disse:

    Mandou SUPER bem, Aline. Bem legal.

  24. Fabio Bomfim Nunes disse:

    Sensacional! Show de Bola. A pura realidade, me identifiquei pra caramba. Já repliquei. Parabéns pelo texto.

  25. Maria Cynthia disse:

    Bela, você conhece um pouco de minha estrada…Hoje vi uma reportagem que, em síntese, dizia: “Engolir sapos faz você engordar!”. Estou vivendo um momento complicado e aprendendo isso na marra. Mesmo! Mas tem dado certo! A questão do poste…rsrsrsrs…eu nunca acho que isso passa pela cabeças de pessoas bem treinadas. Neste domingo, quando vi na planilha 7k e olha que eu achei que era 6k, pensei: Jesus! Vai ser foda. Será que vou dar conta? Ai parti pro primeiro k….fui bem, até bem demais. Pensei em diminuir. 2k e fiz um tempo mais baixo. Começou a subida e pensei. Seguraaaa! E fui embora! No km 6 eu pensei…Jesus! Cheguei até aqui! Não acredito! Pensei mil vez antes de parar e jogar água gelada no corpo. Mas parei. Nada podia dar errado. E lá fui eu….7k bateu no relógio. Em cada lap fazendo 50s em média a menos que o coach mandou. E olha, estou falando só de caminhadas! No final, a vontade de gritar e muito que havia conseguido! Lamentavelmente, errei em umas escolhas alimentares após o treino. Mas mantive o foco e tentei me ajustar. Consegui. Isto é a minha felicidade da superação. Perceber que hoje me engano bem menos que ontem e vou mais longe….grama por grama, kilo por kilo. Bora ser mais saudável…pra vida toda! =D

  26. Zé Lúcio Cardim disse:

    Muito legal, Aline! Felizmente, eu tenho uma mulher maravilhosa que apoia muito e sempre. Só ficou meio brava porque me inscrevi pro IM Brasil: “Tanto lugar legal pra gente ir no mundo e vc vai fazer Floripa?!?!”…rssss

    • Aline Carvalho Aline Carvalho disse:

      Oi, Zé! Quanta honra! =)

      Ainda bem que você sabe que é um sortudo! Acredito que este é um ponto importante na vida dos triatletas casados e poucas são as esposas que realmente apóiam.

      E ela merece que você escolha locais mais bacanas para as viagens! Percebo que esta é uma negociação comum: escolha o Ironman onde eu quero passar as férias! Acho válida a negociação!

      Um beijo, bons treinos e capricha na casa em Jurerê Internacional! A gente se vê na prova!

  27. Gabriela Grossmann disse:

    kkkkkkkkk Aline..ainda bem que eu nunca terei uma esposa!!!!!! Putz q mala :D!!!! Levanta e corre junto….. vai ver o que é bom e vai puxar ele antes da cama… Mto legal!!! Eu acordo às 4:30h pra deixar almoço e janta pronta, só volto depois da corrida a noite e escuto das filhinhas: Mamãe correu hj? Parabénssssss vai ficar magrinha…Tô adestrando elas pra ser esposa endurance =D A.M.E.I. o texto. bjão

  28. mael disse:

    PERFEITO. A mais pura verdade principalmente da parte dos invejosos kkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também...