escolhas

Loucas Escolhas

Escrito por

É jornalista e advogada em Mato Grosso. Quando trocou uma cirurgia plástica por um par de tênis, há dois anos, e começou a treinar, não imaginou que a corrida se tornaria algo tão essencial na sua vida. Já viajou o Brasil e o exterior participando de provas, algumas memoráveis como a meia maratona do deserto do Atacama, no Chile. As corridas trouxeram novos amigos, mais disposição e o caminho para novos esportes. Passou a andar de bike e nadar para tornar real seus próximos desafios: uma prova de triathlon e uma maratona.

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK

12 Comentários

  1. Zequinha disse:

    Parabéns Luciane

    Realmente temos o livre arbitrio em nossas escolhas, muitos preferem ficar com Deus outros com diabo!
    Uns preferem descansar nas noites, outros escolhem consumir gorduras, alcool entre outros.
    Gosto de dançar e beber um bom vinho, porem escolhi dosar em ter uma vida realmente mais saudável e nós optamos pelas corridas.( que não me impede de fazer outras coisas de forma moderada).
    Sua mamãe tem razão : não podemos viver somente para as provas, há de ter momentos para descanso… inclusive para as corridas.
    Ótimo post.

  2. Cezário Aschar disse:

    Que texto maravilhoso! Com destaque para “A corrida faz eu ter uma hora só pra mim, sem telefone, sem e-mail, sem pressão, sem internet. Somos eu, meus passos e a minha respiração. Nem música eu ouço. Apenas curto aquele momento que me propicio, de sentir o vento no rosto, o suor pingando no chão e a liberdade do corpo e da alma”.

    • Luciane Mildenberger disse:

      Olá, amigo Cezário, obrigada por sempre prestigiar meus posts.
      A corrida, ao contrário de me cansar, me descansa e me relaxa, sempre!
      Abs e bons treinos!

  3. Alfredo Donadio Alfredo Donadio disse:

    Então, Luciane Mildenberger, no centro é onde encontramos o equilibrio e a virtude.

    Correr, ir na balada, cultivar a familia, namorado, as novas sem deixar as antigas amizades de lado entre outras coisas, são muito importantes e fazem parte da nossa vida.

    É primordial a manutenção das pessoas do nosso entorno assim como é primordial a atividade fisica e o esporte que nós escolhemos, mas, se tiver que optar, faça o que for melhor para Vc!

    Boas Corridas

    • Luciane Mildenberger disse:

      Donadio, valeu pelo comentário.
      Realmente, manter as pessoas que gostamos por perto é fundamental, ainda mais qdo os gostos são opostos.
      No entanto, sempre existe o equilíbrio para ajudar a manter a relação.
      Abs e boa semana!

  4. Fernando Schwery disse:

    Só tenho uma coisa a dizer Luciane…..Tamo junto!!!! rsrsrsrs

  5. Renato Mello Renato Mello disse:

    Luciane minha amiga, vou aproveitar a resposta do sábio parceiro Donadio: o ideal está no centro, nem para mais nem para menos. Agora descobrir onde encontramos este centro, ai já é querer demais! rsrs
    abraços!

  6. Claudio AMoura disse:

    Muito bom o seu relato. Parei para ouvi-lo e gostei pois é assim que somos nos finais de semana.Muitas vezes seremos criticados ou rotulados como “loucos”, porém gostamos do que fazemos e curtimos bastante toda esta dedicação aquilo que é importante para nós. Muita gente gostaria de começar a dedicar-se a algo e aqueles que já começaram têm o dever de mostrar que vale a pena ser, não louco, mas dedicado e feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também...